13.3 C
Canoas
terça-feira, julho 5, 2022
0 0

Padre é afastado por fazer sexo com noivo antes de celebrar o casamento

- Advertisement -
Read Time:1 Minute, 25 Second

A Arquidiocese de Natal (RN) afastou o padre Júlio César Souza Cavalcante, após o vazamento de áudios sobre um suposto envolvimento entre ele e um fiel. As relações sexuais teriam acontecido por mais de 20 vezes.

A revelação foi feita pelo próprio rapaz, identificado como Breno, que estava noivo na época do relacionamento e chegou a ter o casamento celebrado pelo líder religioso.

Desde a última sexta-feira (03), o caso tem sido um dos assuntos mais comentados nas redes sociais após as gravações serem divulgadas na internet. Nos áudios, é possível ouvir uma mulher confrontando o sacerdote sobre a traição dele com o marido dela, Breno, que também está presente na conversa.

“Você, como um sacerdote, mantém relação sexual com um teoricamente fiel, sabendo que ele está noivo, prestes a casar, você quer que eu ache uma palavra mais amena que orgia?”, questionou ela.

De acordo com a mulher, o padre Júlio foi o responsável por realizar a cerimônia de casamento dela, e mantinha relações com Breno quando ela estava noiva do companheiro. Após ser pressionado, o religioso confessa que manteve relações sexuais com o marido dela apenas “duas ou três vezes”.

Entretanto, Breno corrige o sacerdote e diz que eles trocaram carícias em mais de 20 ocasiões. “Não era todas vezes que ele ia dormir lá que acontecia”, retrucou o pontífice. Os áudios também detalham que o homem dormiu diversos dias na Paróquia após o convite do religioso.

O pároco atuava na Igreja Matriz Nossa Senhora de Candelária, no Rio Grande do Norte, e conforme determinação do Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, ele deve seguir afastado de todas as suas funções até os fatos serem apurados.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Ultimas noticias