27.8 C
Canoas
sexta-feira, dezembro 2, 2022

Binance anuncia fundo de resgate a projetos cripto com crise de liquidez

- Advertisement -

Exchange também iniciou movimento para corretoras divulgarem dados públicos que comprovem reservas

O CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, afirmou na madrugada desta segunda-feira (14) que sua exchange está criando um fundo de recuperação para ajudar a reconstruir a indústria de criptomoedas. O fundo está aberto a co-investidores do setor e terá mais detalhes divulgados nos próximos dias, disse CZ.

Justin Sun, empresário dono do projeto Tron (TRX) e das exchanges Huobi Global e Poloniex, afirmou que suas empresas apoiarão a Binance na iniciativa.

O anúncio ocorre um mês depois que a Binance Pool, braço de mineração da companhia, disse que estava alocando US$ 500 milhões em uma linha de crédito voltada para mineradores de Bitcoin (BTC) em dificuldades.

Após as declarações de CZ, o token BNB, da Binance, avançou 3%. Já Bitcoin e Ethereum (ETH) subiram 4% cada.

Prova de Reservas

A criação do fundo é a segunda providência anunciada pela Binance em meio à crise instalada pela falência da FTX, até semana passada uma das maiores exchanges cripto do mundo (sob algumas métricas, era a segunda, só atrás da Binance).

Na semana passada, Zhao iniciou um movimento para divulgação de reservas publicamente, como meio de restaurar a confiança de investidores na saúde financeira das corretoras. Segundo dados revelados pela Binance, checados via blockchain pela empresa de análise Nansen, a exchange tem mais de US$ 74 bilhões em criptomoedas de clientes em seus cofres.

Desde então, Kraken, Bitfinex (dona da stablecoin Tether), Huobi, Crypto.com e Gate.io já divulgaram Provas de Reserva, com as três últimas sofrendo críticas por supostamente maquiar os números antes de virem a público. Já OKX e Kucoin prometem liberar os dados dentro de um mês.

Ultimas noticias