24 C
Canoas
domingo, dezembro 4, 2022

Polícia faz operação contra criminosos que vendem armas e drogas para facção em Canoas e Região Metropolitana

- Advertisement -

Foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (11) a Operação Big Fish. A ofensiva, realizada pela Polícia Civil em conjunto com a Brigada Militar, é contra um grupo criminoso que fornece armas e drogas para facções criminosas da Grande Porto Alegre. Mais de 165 policiais estão cumprindo 21 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão em Canoas, Novo Hamburgo, Porto Alegre e Viamão.

De acordo com a investigação feita pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), os criminosos movimentaram mais de R$ 500 mil só com a venda de crack. O foco, de acordo com o delegado Eduardo Amaral, é combater a venda de drogas para abastecer uma facção que tem base no Vale do Sinos. “Mas não é atacar o vendedor, a ponta do esquema, identificamos e estamos prendendo lideranças, gerentes. Conseguimos comprovantes, por exemplo, de pagamentos diários de até R$ 60 mil”, comenta em entrevista a GZH.

Até o momento, 14 pessoas foram presas. Foram apreendidos cinco quilos de cocaína, 200 pedras de crack e uma presa utilizada na confecção de drogas.

Ultimas noticias